Consolidar marca nas redes sociais - Defoco
comunicação design gestão estratégica Identidade Visual internet marcas marketing mídias sociais

Como consolidar a sua marca nas redes sociais

Hoje, as redes sociais têm se tornado um dos melhores meios para a comunicação e venda de produtos e serviços ao público. Isso por que a plataforma, e o planejamento de marketing correto das empresas, fazem com que os usuários se identifiquem mais com as marcas, criando relacionamentos mais humanizados.

Com todo esse potencial, não tem como dar errado fazer uma página e começar a divulgar, não é? Pois é aí que você se engana. Agir nas mídias sociais também demanda planejamento e estudo do público. Entenda como isso funciona e acerte de primeira, com a ajuda da Defoco!
Planejamento e tempo
Para começar, não crie páginas e perfis para a sua empresa em todas as redes sociais que você considera envolventes com o público. Várias páginas em diferentes plataformas podem influenciar negativamente para a imagem da empresa, se você não conseguir alimentar a mídia com certa frequência. Não adianta publicar freneticamente na primeira semana e, durante o resto do mês, não postar mais nada ou o número de publicações diminuir muito.

Ou seja, é melhor ter um ou dois perfis nas redes sociais e ser ativo nelas, postando, interagindo a comentarios e respondendo mensagens a ter várias e não conseguir administrá-las.

O Facebook e o Twitter são exemplos de sites que divulgam a frequência de respostas das empresas aos usuários, por isso, fique atento para não receber pontos negativos.

Falando em Facebook, esse ainda é considerado o melhor canal para divulgação de marcas, isso porque ele permite diversos formatos de publicações, como imagens, vídeos, gifs e texto. É sempre bom variar entre esses formatos para reforçar a imagem da marca, mostrando que domina todos os meios de divulgação, manter os usuários entretidos com anúncios diversificados e evitar publicações muito repetitivas.

O Instagram também é muito usado e é bem útil ser utilizado em conjunto com o Facebook para alcançar maior quantidade de pessoas. Fora YouTube, Twitter, LinkedIn entre tantos outros que, claro, também agregam ao crescimento da empresa no meio digital, desde que sejam bem administrados.
Conteúdo
O conteúdo que será promovido nessas mídias precisa ser relevante ao público, a quem você quer atingir e também ter a ver com a empresa.

A arte criada para a mídia social precisa seguir uma linguagem visual que remeta à empresa e, o ideal também, é manter padrões das postagens.

Para isso, é preciso primeiro prestar atenção no tipo de linguagem e estilo que o seu público usa e aprova para começar a elaborar as postagens. Depois, você vai montar um pacote para o meio digital que é, basicamente, um manual de identidade visual, mas voltado para a mídia digital.

Esse pacote pode ser baseado nas cores do logo (com variações mais claras e mais escuras), tipografias diferenciadas (manuscrita, com serifa, sem serifa, decorativa etc…) e imagens que se relacionam bem com a sua marca e combinam com o estilo.

Após definir o pacote digital, criamos de três a cinco layouts base das publicações, usando fontes, imagens e as cores definidas. Cada um desses layouts é salvo nos formatos sugeridos por cada plataforma e podemos ir substituindo as artes para sempre manter o padrão correto.
Nós cuidamos de tudo
No começo é um pouco difícil criar os padrões e a imagem da marca na rede social, então é importante prestar atenção no que está dando certo e no que não está, qual o retorno do público e testar sempre a criatividade, criando novos templates para consolidar a marca no meio digital.

Vale muito a pena impulsionar as postagens. Você consegue direcionar a publicação para o público alvo de maneira bem segmentada, aumentando a probabilidade da venda e de novos consumidores. Mas pode deixar que nós da Defoco fazemos tudo isso para você! Gerenciamos várias páginas de empresas promovendo conteúdo relevante para os blogs e postagens nas mídias.

Entre no site www.defoco.com.br e envie um e-mail para saber mais!

Vem com a Defoco!

Google Adwords - Defoco
comunicação gestão estratégica internet marketing

Google Adwords: aprenda a usar!

O Google Adwords é uma das ferramentas mais cobiçadas da internet e também a maior em links patrocinados. Com uma forma de cobrança inovadora, contada de acordo com os cliques recebidos, é uma das maiores chances de se realizar um marketing digital com sucesso para praticamente todo tipo de cliente.

Para quem é leigo seu uso pode ser um grande mistério e oferecer dificuldades aos que estão iniciando. Sem saber o significado do Adwords e nem como avaliar a melhor forma de gerar receita com ele, muitas vezes recorrer a um profissional de marketing se torna a melhor solução.
O poder do Google Adwords
Mesmo que sua empresa tenha outra cuidando de seu marketing ou haja especialistas contratados para isso, é fundamental saber do que se trata e como usar o Google Adwords. Especialmente para ter como mensurar sua penetração no meio digital, tornando as campanhas mais rentáveis e vantajosas.

O Adwords é uma plataforma de publicidade do Google, o site de pesquisa mais famoso e acessado do mundo. Nele, há duas formas de se destacar: a primeira é através do SEO (Search Engine Optimization) que posiciona página nas buscas entre os primeiros lugares através de palavras-chave. O internauta interessado numa informação digita o que deseja encontrar e recebe uma lista em ordem de relevância determinado pelo Google e geralmente se mantém entre os primeiros disponíveis.

A segunda forma é através do Google Adwords, com anúncios pagos e que são exibidos principalmente nos resultados de pesquisa através de palavras-chave. O resultado é semelhante ao do SEO, mas através do pagamento dos links patrocinados é possível cortar etapas significativas e ter um resultado imediato.

O Google Adwords é considerado uma das formas mais interessantes e eficazes de se atingir seu público alvo, já que aparece exatamente para quem deseja o que ele tem a oferecer e na hora certa. Ele ainda disponibiliza outros formatos de anúncios que vão além da área de pesquisa e podem ser identificados pelos banners laterais, vídeos em áreas específicas ou como destaque em sites parceiros e de grande visibilidade.

 

Como utilizar a ferramenta
Não há mistério na utilização do Google Adwords e em menos de uma hora já é possível criar seu anúncio. Antes é importante compreender que a forma de pagamento do Adwords é diferente de todos os processos publicitários anteriores.

Por exemplo, quando se faz na gráfica uma quantidade determinada de flyers, é preciso pagar por ele antes de retirá-los. Já no Google Adwords o custo é contado pelos resultados e se ninguém clicou no seu anúncio, o valor é zero. Simples assim.

No Google Adwords as empresas pagam para ver seu site ranqueado no topo de sua página e atrair novos leads.

A primeira coisa a se fazer é criar uma palavra-chave para seu anúncio, que tenha tudo a ver com o conteúdo que deseja divulgar. Ela pode ser uma palavra única, composta ou uma frase que seja pertinente a uma pesquisa. Isso significa que deve fazer sentido para o pesquisador e ajude a chegar até o link.

O Google Adwords cobra pelos cliques que os interessados dão, mas também pela quantidade de vezes que o anúncio foi exibido na pesquisa. Assim há a taxa de cliques chamada de CTR, que é a média de cliques por impressões, já que o Google é como um leilão em que é preciso estabelecer um orçamento para realizar lances onde ganha quem oferecer o maior valor.

Se o seu valor for muito baixo, só conseguirá aparecer se não houver outra marca que tenha oferecido mais. O Google Adwords tem como foco maximizar sua receita e vai valorizar a competição entre as concorrências, já que o resultado é lucro para ele. Mas há uma questão muito específica do Google, já que mesmo os anúncios caros só podem ser exibidos se realmente tiverem um conteúdo de relevância. Isso significa que o Google prefere publicar um anúncio com lance menor, mas com conteúdo de qualidade do que outro superficial, porém mais caro.

Entretanto, o fundamental mesmo para o cliente é que haja conversões, em que o usuário faça a pesquisa e busque sua empresa para descobrir o que estava interessado. E quando ele chega até essa informação só depende da sua estratégia de marketing para conquistá-lo.

Agora que você já sabe um pouquinho de como funciona essa plataforma incrível, é hora de investir em quem pode te ajudar a conquistar mais leads e clientes.

Pode deixar que a Defoco cuida disso para você. Com vários profissionais qualificados, nós desenvolvemos tudo para que sua empresa sempre evolua.

Entre no site www.defoco.com.br e conheça nossos trabalhos!

comunicação design inovação

Design de embalagens: escolhendo a melhor agência

Quem pensa que uma embalagem tem como única função proteger o produto precisa aprender como funciona o mercado. Segundo os publicitários, ela pode ser até mais importante que o conteúdo que guarda e essa ideia faz todo o sentido para o marketing. Tudo porque o consumidor que deseja comprar determinado produto e não tem uma marca de preferência, escolhe a embalagem que mais chamou sua atenção. Sim, a embalagem! Pois o produto ele ainda não conhece, certo?

Dessa forma é fácil atribuir valor a embalagem, que foi definitiva para que um novo consumidor adquira aquele produto em especial e não outro. E tudo é uma questão de psicologia, afinal o design está sempre conectado com a psique humana sem tirar os olhos da razão, das tendências e de sua intuição para criar a embalagem certa, o que pode fazer toda a diferença para melhorar o posicionamento da marca.
O poder de sedução de uma embalagem
O sucesso do produto e da marca está intimamente ligado ao do design da embalagem. Não só pelo visual, mas a embalagem precisa se adequar a perspectiva de posicionamento da marca como preço, locais de consumo e público-alvo. O mesmo conteúdo pode ter embalagens diferentes para atender públicos distintos e manter a identidade visual da marca.

Na prática, um produto é possivelmente comercializado em supermercados por um preço popular e com uma embalagem mais prática, enquanto o mesmo conteúdo pode estar disponível para restaurantes de luxo e hotéis com uma embalagem mais sofisticada e um preço compatível.

Também são considerados os fatores emocionais e de identificação com a embalagem, que fazem com que o consumidor guarde uma caixa cheia de estilo para guardar objetos pessoais ou use uma garrafa charmosa no seu dia a dia. Muitas empresas aproveitam esse apelo e criam embalagens colecionáveis ou especiais por um determinado tempo para incrementar as vendas.

 

É preciso encantar e proteger
Outro ponto importante para a criação da embalagem é o de proteger adequadamente o conteúdo. Transporte, armazenamento e viabilidade do material usado precisam de atenção redobrada para que chegue até o consumidor, sem qualquer dano.

Embalagens que contêm alimentos precisam ter proteção da luz, para não alterar a composição do produto, assim como a temperatura adequada em seu interior. Como nas embalagens de leite e as famosas Tetra Pak, que possuem proteção interna e conseguem manter o produto isolado de bactérias e influências do ambiente.

A embalagem vende um estilo de vida. E só a agência certa pode criar a que o seu consumidor deseja. A Defoco identifica seu consumidor e a concorrência, busca economizar sem perder a qualidade para criar uma embalagem que entusiasme de imediato. Ela sabe de que forma conquistar o público.

A Defoco utiliza a soma de criatividade com técnicas para chegar até o design ideal de sua embalagem, pensando também na produtividade e estratégia de marketing.

Nós temos diversos prêmios em Design de Embalagens! Dê uma olhada no portfólio clicando aqui.

Não perca mais tempo e renove sua marca com uma embalagem super original e que vai conquistar mais consumidores! Nós resolvemos isso para você! Vamos marcar uma reunião? Entre em contato com a gente!

www.defoco.com.br

como acertar com o marketing digital?
comunicação inovação internet marcas marketing mídias sociais Sem categoria

Marketing Digital não está funcionando para minha empresa: e agora?

Hoje em dia, se você não tem um bom planejamento de Marketing Digital, você não consegue se destacar dentre os concorrentes. Mas será que sua estratégia está realmente te ajudando? 
Com tantos meios de conseguir leads, divulgações, clientes e seguidores, podemos acabar trabalhando errado com esses públicos e não trazer nenhum resultado positivo para nossa empresa. Mesmo que o investimento esteja sendo feito para essas ferramentas. Duvida? 
Para que tenha sucesso com o Marketing Digital, devemos prestar bastante atenção no que estamos divulgando e fazer uma análise completa para não gastar dinheiro e tempo em meios que não nos dão retorno. 

PRESENÇA 
Você deve se perguntar se sua empresa está presente no meio digital. Quanto mais informações sobre você na internet, melhor! 
1. Esteja presente nas redes sociais; 
2. Não deixe de ter um blog com bastante conteúdo;
3. Tenha um site moderno e que deixe claro quais são seus serviços/produtos; 
4. Divulgue seus contatos como e-mail, telefone e endereço. (Pois isso passa ainda mais credibilidade para seu seguidor).

LEADS
Preocupe-se sempre com os leads, pois eles podem ser seus futuros clientes e seguidores fiéis. Por isso, sua empresa precisa de atrativos para que as pessoas fiquem interessadas em te seguir e, consequentemente, comprar seus serviços/produtos. 
1. Crie landing pages com ofertas;
2. Analise as taxas de conversão das mesmas. Está valendo a pena? ;
3. Envie e-mails marketing para os leads que se cadastraram (mas tome cuidado para não exagerar, pois pode irritar o usuário e faze-lo cancelar o recebimento de suas ofertas); 
4. Ferramentas poderosas como mídias pagas (Google Adwords, Facebook Ads, banners calls-to-action) estão sendo analisadas e trabalhadas para melhor resultado?

RELACIONAMENTO
Na era das redes sociais, relacionamento entre clientes e empresas está cada vez mais presente, quebrando a imagem de “corporação” e trazendo mais humanização entre o profissional e o pessoal. 
1. Em suas redes sociais, responda seus seguidores de uma forma profissional, mas sem perder o lado emocional e humano;
2. Os seguidores querem ser AMIGOS das empresas e esperam reciprocidade. Que tal quebrar um pouco o gelo e acatar a essa onda divertida que a internet nos oferece? Sem perder o profissionalismo;
3. Ouça os feedbacks de seus seguidores e pratique-os! Se seus fãs estão te dando um toque, não fique frustrado, muito menos ignore. Encontre uma solução que melhore para os dois lados! 
E claro, siga os números e analise os resultados de todas essas ferramentas. Trace um planejamento adequado para suas necessidades no momento e sempre preste atenção nos dados e relatórios para que consiga trabalhar em melhorias e sustentar o que já está fazendo sucesso. 
Nós da Defoco estamos aqui prontos para te ajudar nesta jornada tão envolvente que é trabalhar com o Marketing Digital! E com nossos profissionais funcionais, especializados será um resultado positivo garantido.
Acesse nosso site e saiba mais sobre nossos serviços: www.defoco.com.br

95
5-motivos-para-nao-ter-redes-sociais
comunicação dia a dia internet marketing mídias sociais

5 motivos para sua empresa NÃO ter redes sociais

Hoje em dia, a humanidade foi tomada pela onda das redes sociais, não só para relacionamento pessoal, mas também para empresas!

Mas nós estamos aqui para mostrar 5 motivos para sua empresa NÃO ter redes sociais e continuar fora de toda essa virtualização. Vamos lá?
LOJA ONLINE
O comércio virtual de produtos e serviços no Brasil fez tanto sucesso que nosso país é o 3º lugar onde mais se faz compras pela internet! Além disso, ter uma loja online requer um investimento bem menor do que de uma loja física. E tem mais! Seus produtos ficam a mostra 24 horas por dia para os clientes comprarem a hora que quiser! Sabendo dessas informações, é melhor mesmo que não tenha loja virtual, pois sua empresa pode acabar recebendo muitos pedidos e solicitações de serviços em um pequeno período!
ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA
Vários aplicativos e até mesmo o facebook disponibiliza relatórios de suas publicações e consegue comparar com seus concorrentes para que tenha o parâmetro de qual conteúdo está mais interessante e engajado, onde deve acertar para atingir o público alvo, etc, porém, não tendo redes sociais, os seus concorrentes nem ao menos sabem o que você está fazendo, vendendo ou divulgando!
PRATICIDADE
A internet tem o poder de aproximar pessoas, fãs de celebridades, profissionais de oportunidades e clientes de empresas! As redes sociais facilitam com que seus clientes achem sua empresa e saiba mais sobre você e seus produtos! Até mesmo conversas instantâneas sobre alguma dúvida pode ser tirada em instantes. Mas, isso tudo é muito trabalhoso e demanda tempo demais! Ou seja, não é recomendado.
MODERNIDADE
Tendo redes sociais, você fica muito mais antenado e por dentro do que está acontecendo no mundo todo! Pois todos os usuários estão conectados em diversas regiões diferentes, compartilhando acontecimentos e conteúdo de última hora. Mas, no momento, é melhor que você fique atento apenas aos acontecimentos de sua empresa e não invista tempo para pensar nos concorrentes ou cases de sucesso por aí!
INVESTIMENTO
Investir em redes sociais com estratégia e consciência está sendo um turbo a mais para qualquer comércio hoje em dia! Pois a grande maioria dos brasileiros consomem MUITO tempo de seu dia apenas conectados no Facebook!

Investir nas redes sociais, significa impulsionar seus produtos/serviços para além de seu ciclo de clientes. É explorar novos públicos e regiões.Por isso, o recomendado é que não invista, pois é um gasto a mais para sua empresa!

 

Mostramos somente 5 motivos, porém existem muitos outros que mostram o quanto você deve ficar AFASTADO das redes sociais! (Só que não, rs).

É claro que nós da Defoco, apoiamos e muito a ideia de digitalização e principalmente divulgação em redes sociais! Todos sabemos que essas novas ferramentas online, com estratégia e muito planejamento, conseguem rapidamente resultados muito positivos para sua empresa!

 

Então não pense duas vezes e entre em contato com a Defoco! Nós iremos preparar uma estratégia perfeita para sua necessidade! Acesse: www.defoco.com.br

41
comunicação design marketing Sem categoria

Plano de Marketing: Por que é importante?

Para criar um plano de marketing, é preciso planejar os objetivos, ações e orçamentos, além de colocar metas e incluir quais são os resultados esperados.

O documento é importante para pequenas e grandes empresas, pois permite uma comunicação clara entre todos os membros da equipe além de fornecer dados para acompanhar o sucesso de cada campanha publicitária.

Os dados analisados podem variar de acordo com o mercado, foco da empresa e demais detalhes de cada marca. Independente do formato escolhido é fundamental estruturar ideias e ações para poder transformar sonhos em realidade. Para garantir o sucesso do plano de marketing, a Defoco conta com profissionais experientes na área, que auxiliam empresas de diversos segmentos a obter os melhores resultados.
Pilares da divulgação
O primeiro passo é conhecer o público alvo. Uma boa campanha de divulgação considera as preferências dos potenciais clientes para gerar um conteúdo atrativo e voltado aos interesses do consumidor.

Em seguida, é hora de programar as ações. Objetivos, metas financeiras e estratégias são definidos logo no começo, no entanto, esses dados são flexíveis e podem ser alterados ao longo do caminho se isso se mostrar necessário. Analisar a concorrência ajuda a definir esses fatores.

O último passo consiste em controlar a analisar. O controle da campanha é uma chance de aprender com os pontos fortes e fracos e analisar as melhores estratégias para as próximas ações de divulgação.
Vantagens de contratar a Defoco
A internet está repleta de informações sobre plano de marketing e até mesmo dicas de como fazer isso por conta própria. No entanto, é importante lembrar que o marketing é uma peça fundamental para o sucesso de uma empresa e seria um grande risco colocar essa função nas mãos de pessoas despreparadas.

Existem profissionais que se dedicam apenas à divulgação, acumulando conhecimento e experiência ao longo dos anos. Além disso, ao contratar uma agência completa como a Defoco, é possível contar com os melhores profissionais em vídeo, fotografia, web, B2B e até mesmo para o desenvolvimento de embalagens.

A agência estabelece metas claras e pensadas de acordo com as preferências do público alvo da marca.

O plano é levar o visitante a se tornar um cliente fiel que desenvolve uma relação com a empresa e passa a ser um divulgador, indicando os produtos para amigos e familiares.

Além disso, criar um plano para cada campanha de divulgação gera economia. Isso acontece, pois um plano estruturado é capaz de atingir as pessoas certas, alcançando melhores resultados sem aumentar o orçamento. Os objetivos seguem um passo a passo seguro, sempre acompanhado por profissionais experientes.

Os dados de cada campanha podem ser mensurados para avaliar os pontos fortes e fracos e planejar os próximos passos com segurança. Os indicadores de performance mostram o desempenho e a evolução de cada estratégia utilizada.

A Defoco conta com uma equipe preparada para estudar a melhor forma gerar satisfação para todos os membros da empresa e para os clientes. O controle de cada trabalho pode ser feito de forma online através de um sistema que integra agência e cliente.

24
comunicação eventos marcas Sem categoria

Organização de um evento: atenção aos mínimos detalhes!

Toda marca quer ganhar visibilidade, exposição e reconhecimento perante os seus seguidores e consumidores. No entanto, a valorização de uma marca não é algo que acontece de um dia para o outro, é preciso trabalho árduo e focado em conseguir alavancar os conceitos, a visão e os valores da marca. Hoje em dia, o público consumidor está mais atento às marcas e aos seus produtos ou serviços, optando por aquelas que mostrem muito mais do que apenas a intenção de comercialização.

Uma boa maneira de levantar a sua marca e ganhar uma boa visibilidade é promovendo um evento. No entanto, realizar um evento para o mercado e a mídia especializada não é tão simples assim. É preciso saber exatamente o que você quer mostrar de qualidade positiva da sua marca, como mostrar e, o mais importante, para quem essa ação irá ser direcionada. Respondendo a todos estes pontos, o seu evento com certeza irá atingir um número muito maior e, principalmente, com uma eficácia mais assertiva.

Para realizar um evento de sucesso, é importante que a empresa conte com uma agência de comunicação especializada neste tipo de ação. A Defoco é uma agência preparada para criar o seu evento e fazer dele algo grandioso, com uma grande exposição no mercado em que você atua e na mídia especializada do setor. O maior segredo para um evento deste porte é prestar atenção nos mínimos detalhes. A Defoco se compromete a atuar nas três fases do seu evento – pré, durante e pós a ação -, dando o suporte necessário para que tudo saia conforme o planejamento.

Vamos às fases:

Pré evento
Aqui é importante saber qual é o objetivo do seu evento. Para quem você quer divulgar a sua marca, como ela deve ser exposta, qual deve ser a comunicação utilizada durante este processo, entre tantas outras questões. Além disso, a Defoco trata de fazer uma lista com todos os agentes importantes para a sua marca e que devem receber o convite para o seu evento. Mídia, parceiros, fornecedores, clientes, potenciais clientes são algumas das pessoas e profissionais que podem comparecer ao evento. A agência também é responsável, durante esta fase de pré-produção do evento, de reservar o lugar, ver o formato da apresentação para adequar o salão e todas as demais questões administrativas necessárias para a realização de um evento.

Durante
Nesta fase, o papel da agência é se certificar que tudo está saindo como o planejado. A Defoco estará presente no evento, dando todo o suporte que é preciso no dia da ação e em prontidão caso ocorra algo que não estava planejado. Durante o evento, é importante verificar sempre se a marca está tendo uma boa recepção e se está sendo vista de maneira adequada pelos convidados.

Pós-evento
Esta parte é destinada aos feedbacks e às críticas. O trabalho da agência nesta fase é saber quais são os resultados da exposição da marca perante os agentes do mercado e da mídia especializada. Certificar-se de que todos receberão a mensagem da forma como deveria ser transmitida. Desta forma, a cada evento, o seu sucesso será ainda maior.

Para mais informações sobre o planejamento da sua empresa, não deixe de entrar em contato com a Defoco – www.defoco.com.br . Estamos prontos para atendê-lo!

39
comunicação gestão estratégica inovação marketing Sem categoria

4 Ps E 4 Cs DO MARKETING

De tempos em tempos, surgem novas estratégias e tendências de marketing que as empresas adotam com o objetivo de melhorar os seus resultados. Mas é crucial nunca se esquecer das raízes e do que, de fato, significa o marketing, porque ele é tão importante. Dentro desse contexto, a proposta de hoje é retomar o conceito do mix de marketing (também conhecido como 4 Ps). Além disso, vamos falar também sobre os 4 Cs, uma ideia mais recente, mas igualmente importante!
Relembrando os 4Ps
Composto, mix ou 4 Ps de marketing, todas essas nomenclaturas se referem à mesma coisa: uma ferramenta que foi proposta nos anos 60, por Jerome McCarthy, para sistematizar o marketing e deixar claro que ele não se limita ao produto ou à promoção, sofrendo interferência de outras áreas.
E os 4 Ps não morreram! Eles devem continuar servindo de base para o planejamento de qualquer estratégia. São os seguintes:
• Produto: pode ser também o serviço, basicamente, é aquilo que a empresa está vendendo para o cliente. Aqui entra a qualidade, funcionalidade, variedade e diferenciais;
• Preço: faz parte do marketing estabelecer o preço pelo qual o produto será vendido. Está dentro da faixa de mercado? É mais caro ou mais barato do que o da concorrência? Se for mais caro, por qual motivo? A margem de lucro é satisfatória? As famosas liquidações fazem parte desse aspecto;
• Praça: é a distribuição, toda a logística de como esse produto vai ser colocado no mercado de modo que fique acessível para os clientes. Hoje em dia, um conceito muito importante que pertence a esse pilar é o e-commerce;
• Promoção: não é promoção no sentido de baixar o preço, mas de promover o produto ou serviço. Divulgação nos meios de comunicação tradicional, internet, presença nas redes sociais, produção de vídeos e outras estratégias de comunicação.
Embora sejam atemporais, alguns profissionais começaram a criticar o composto de marketing, alegando que ele não reflete o mercado atual, por ser pouco focado no consumidor e muito na empresa em si. E foi assim que surgiram os 4 Cs!
4 Cs de marketing?
O conjunto dos 4 Cs é como se fosse a perspectiva do cliente sobre os 4 Ps! É uma visão moderna do mix de marketing que muitas empresas têm adotado.
• Customer needs and wants – desejos e necessidades do cliente corresponde ao produto;
• Cost to the user – custo que o cliente vai ter corresponde ao preço;
• Convenience – conveniência, onde o comprador vai encontrar aquele produto, corresponde à praça;
• Communication – as formas mais eficientes de se comunicar com o cliente, colocando-se no lugar dele: corresponde à promoção.
Esses 4 Cs estão ajudando os profissionais de marketing a olharem para o mesmo composto, mas se colocando como clientes. Por isso, é uma visão mais moderna e condizente com a alta concorrência do mercado atual, que exige mais atenção para com o comprador.
Seja com o nome de Promoção ou Communication, lembre-se que a Defoco desenvolve sites que levam a sua empresa diretamente ao público mais selecionado e com potencial de virar comprador.

39
comunicação gestão estratégica inovação marketing Sem categoria tendências

Tudo sobre Storytelling

Não há dúvidas de que as estratégias de marketing têm evoluído muito nos últimos anos. Atualmente, os empreendedores sabem que, para atrair e fidelizar um cliente, é necessário fazer mais do que apenas oferecer um preço mais baixo do que a concorrência. Um recurso que tem sido muito utilizado pelo mundo e que está conquistando espaço no Brasil é o Storytelling.

Conceito e aplicação do Storytelling no marketing

A palavra Storytelling tem origem inglesa e significa contar histórias, especialmente, histórias que sejam relevantes. Os recursos são ilimitados: quem vai contar essa história pode se utilizar de palavras, gestos, figuras, imagens em movimento e qualquer outra ferramenta que considerar cabível. Embora esteja sendo utilizado atualmente, o Storytelling tem origens que se confundem com as da própria humanidade, uma vez que o homem primitivo já contava as histórias das suas caçadas com gestos, grunhidos e pinturas rupestres.

No marketing, substituir um anúncio convencional por uma história, que tenha um enredo, é uma ideia muito interessante para causar o engajamento do público. Imagine o seguinte: para anunciar um novo produto que entrará na linha da empresa, o departamento de marketing produz um vídeo contando uma história, com personagens e um final surpreendente ou engraçado, envolvendo o produto em tudo isso de uma forma estratégica e sutil. As chances de as pessoas compartilharem esse vídeo são enormes! Além de aumentar a divulgação, isso faz com que o público compre a ideia.

A eficiência do Storytelling é comprovada cientificamente: na Universidade de Washington, pesquisadores descobriram que na medida em que um indivíduo vai lendo ou vendo uma história, são ativadas áreas do cérebro relacionadas ao enredo. Isso prende a atenção e faz com que a capacidade de memorização fique mais intensa, além da criação do vínculo emocional, dependendo do teor da história.

Como construir Storytelling

Não existe segredo: ao invés de anunciar, conte histórias! Mas para conseguir um bom resultado, é claro que algumas dicas vão ajudar:

• Se optar pelo formato de vídeo, não exagere no tamanho. Levantamentos já mostraram que um internauta não fica mais de três minutos assistindo a um vídeo sem se distrair com outra coisa. Procure não ultrapassar esse limite;

• Comece a planejar respondendo perguntas básicas: o que eu quero contar? Para quem? Por quê? Como eu quero me comunicar?

• A estrutura de jornada do herói pode ser interessante: um personagem com o qual o público se identifique, que tenha um ponto de partida, passe por dificuldades e consiga a redenção no final;

• Envolva os clientes: peça para eles contarem suas experiências com um produto ou enviarem fotos e utilize isso na construção da história. O engajamento será ainda maior!

• Procure colocar começo, meio e fim e evite enredos elaborados e complexos, que exijam uma grande capacidade de interpretação.

Se você quiser fazer o seu Storytelling em formato de vídeo, procure a Defoco. Trabalhamos com a produção de vídeos institucionais e comerciais, sempre com foco e compromisso com os resultados!

51