Design UI e UX - Defoco
Posted on / in comunicação, design, Graphic Design

Design UI e UX

Já percebeu que o mercado de comunicação e design vêm procurando por muitos profissionais de UX e UI? Essas são profissões em ascensão que também são constantemente confundidas por se tratarem do contato do usuário com um objeto ou interface.

Esses dois profissionais têm como função deixar produtos mais eficientes, funcionais e garantir valor de uso e interação.

Continue lendo esse post e entenda sobre as duas áreas que, embora diferentes, se complementam para um bom design.

UX

User Experience (UX) ou, em tradução livre, experiência do usuário, é o estudo e avaliação de como os usuários se sentem sobre a interação com um determinado sistema, influenciando em suas percepções e comportamentos.

É considerada como a parte emocional da experiência, englobando estratégia de design, usabilidade, desenvolvimento de produto, conteúdo e arquitetura da informação. O profissional responsável por essa área cria o melhor caminho para, por exemplo, acessar um site ou aplicativo e, até mesmo, usar um produto.

Um bom exemplo que pode ser usado para ilustrar isso, é a sensação que você tem ao dirigir determinado carro e a facilidade de realizar as ações projetadas para ele. É fácil de encontrar essas informações e dirigir? Se sim, esse foi um trabalho feito por um UX designer.

O mesmo vale para sites e aplicativos, em que a facilidade de navegação e o comportamento compõe esse estudo. A ideia é fazer com que toda interação seja agradável, fazendo com que o usuário volte a querer acessar.

UI

User Interface (UI) ou, na tradução livre, interface do usuário, é o estudo da interação que o usuário terá diante da interface projetada. Todas as partes perceptíveis do produto que determinam sua ação.

Podemos simplificar UI como sendo o desenvolvimento do layout de um site ou produto, sua aparência final diante do usuário. O que inclui o visual final, como cor, forma, texturas, sons, o tipo do menu, botões etc.

O designer UI tem como tarefa criar essa imagem e guiar o usuário pela experiência (UX), que o produto quer proporcionar, de maneira simples e até mesmo imperceptível.

Podemos usar como exemplo o carro novamente, mas dessa vez, o foco fica sendo no design do veículo, o seu visual. A beleza, a aparência dele e de seus comandos que chamam a atenção positiva do usuário. E, passando para o meio digital, o foco fica sendo no desenho do site, o mockup de como será sua imagem.

Design que se complementa

Uma boa interação com o produto acontece quando o designer UX coloca o usuário no centro de todo o processo, aprendendo sobre seus gostos e necessidades para chegar ao produto final ideal. Esse ideal faz com que o usuário não precise de instruções de uso para o produto, nem de instruções de navegação no site/aplicativo. Ao mesmo tempo em que se preocupa com a imagem do produto para, além de chamar atenção da pessoa, ter relação consistente entre a imagem e a experiência sugerida.

O design de interação não fica só entre o UX e o UI. Existem muitos outros trabalhos que ajudam a resolver outras necessidades de experiências com usuários, como é o caso do Design de Interação que vai se preocupar com o objeto que está sendo criado, o que ele vai fazer e por que será importante.

Resumidamente, toda interação do usuário precisa ser desenvolvida com a ajuda de vários profissionais do ramo que, com muito estudo, chegam ao resultado esperado.

Agora ficou mais fácil entender o papel desses dois profissionais?
Que tal começar uma nova campanha, criar um novo produto ou embalagem e apresentar um site renovado para seus clientes?

Aqui na Defoco nós já estamos acostumados com todo esse processo e adoramos novos desafios!

Entre no nosso site: www.defoco.com.br.

Tags: